• White YouTube Icon
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

PER

FORMA

TRON

espetáculos/

/// diálogos sobre a loucura /2018

No ano de 1978, um grupo de jovens médicos residentes luta para denunciar as mazelas que ocorrem no Centro Psiquiátrico Pedro II, no Rio de Janeiro. Tomados pelo desejo de mudança, eles compartilham suas angustias, sonhos e aspirações. Gerado a partir de uma intensa experiência imersiva na realidade de instituições públicas de saúde mental do país, o novo trabalho do grupo Performatron debate os meios de construção da loucura na contemporaneidade e busca refletir sobre a permeável fronteira que divide loucura e razão. Premiado pelo ProAC - Primeiras Obras de Teatro, o espetáculo estreará em julho de 2018 na Oficina Cultural Oswald Andrade, em São Paulo.

/// são paulo refúgio /2015

Primeiro trabalho do grupo Performatron, São Paulo Refugio é um documentário cênico que aborda a questão do refúgio e da imigração sob a perspectiva dos refugiados que vivem na cidade de São Paulo. No palco, histórias de refugiados oriundos de diversas regiões do planeta são apresentadas na forma de cartas e depoimentos que retratam situações, preconceitos e temores enfrentados por imigrantes forçados a abandonar suas terras natais e a recomeçar suas vidas no Brasil. Contemplado pelo Programa VAI da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo no ano de 2015, o espetáculo já realizou mais de 50 apresentações e cumpriu temporada em espaços como Casa das Rosas e Funarte, em São Paulo, e Sesc Copacabana, no Rio de Janeiro, além de ter passado por inúmeras cidades como Belo Horizonte, Campinas, Ribeirão Preto, São Carlos, Bauru, Catanduva, Jundiaí, Taubaté e São José dos Campos. Em São Paulo, o espetáculo foi apresentado, ainda, no Museu da Imigração, Sesc Belenzinho, Sesc Pompeia e Sesc Itaquera. Uma nova temporada está programada para acontecer na Caixa Cultural São Paulo em 2018. 

 

vídeos/

/// Peça em cartaz no Rio aborda drama de refugiados que fugiram para o Brasil
/// No teatro, sírio e congolês falam sobre integração no Brasil
 
 

o grupo//

"O Performatron nasce com a potência de quem olha o mundo e se sente responsável por ele, e isso faz toda diferença a quem se quer artista, pois apenas assim, de fato, se poderá ser verdadeiramente um. O espetáculo São Paulo Refúgio acabou sua segunda temporada agora, na Casa das Rosas. Deve voltar. Precisa voltar. Primeiro espetáculo! E vocês começaram como precisa ser. Chacoalhando o mundo e levando nossos sentimentos a explodirem. Valeu, moçada."

-  Ruy Filho

Revista Antro Positivo

Criado em 2015 pelos atores Conrado Dess, Elise Garcia e Ériko Carvalho, o Performatron é um grupo de pesquisa teatral continuada que propõe a investigação artística de questões políticas e sociais que permeiam a contemporaneidade.

 

Fundado na cidade de São Paulo, o grupo se consolidou a partir de uma pesquisa prática realizada em ONGs, instituições e grupos de refugiados e imigrantes da capital paulista. Nesses espaços, o grupo desenvolveu diversas atividades e experimentações artísticas que culminaram na criação do espetáculo 'São Paulo Refúgio', que estrou em novembro de 2015 e vem sendo apresentado por todo o país desde então.

O grupo encontra-se, nesse momento, em processo de criação de seu novo espetáculo, 'Diálogos Sobra a Loucura'. Construído a partir de uma pesquisa que vem sendo realizada desde 2016 no Instituto Nise da Silveira, no Rio de Janeiro, e no CAPS Casa Verde, em São Paulo, o espetáculo discutirá as questões que envolvem o sistema público de saúde mental do país.

O Performatron tem como um de seus pilares, o desenvolvimento de projetos que envolvem não somente a pesquisa estética, mas, sobretudo, a atuação política e social em espaços marginalizados, buscando, assim, lançar luz sobre questões sociais invisibilizadas e sobre as urgências das relações contemporâneas.

 

contato//

fotos// Brendo Trolesi